Alunos do Agrupamento de Escolas de Odemira pela justiça climática

Um grupo de alunos do Agrupamento de Escolas de Odemira faz parte do movimento ativista pela Justiça Climática e da Greve Climática Estudantil. Estes alunos promovem ações de sensibilização e fomentam práticas mais sustentáveis dentro da escola, como é o caso da redução de resíduos e reciclagem.

No passado dia 19 de março realizou-se mais uma Greve Climática Internacional e Odemira esteve presente. Na luta contra as alterações climáticas, o núcleo da Greve Climática Estudantil de Odemira realizou um conjunto de protestos online, onde o foco principal foi o tempo restante até ao ponto de rutura, o momento onde a vida na Terra fica comprometida.

O grupo constituído por 20 jovens do nosso concelho pretende continuar a atuar e acredita que ainda há muito por mudar em Odemira, desde a agricultura intensiva, à plantação de organismos geneticamente modificados ou à grande área de estufas em constante crescendo.