Plantas recicladoras

Biorremediação de efluentes agrícolas com leitos de macrófitas– potencial de algumas espécies nativas comuns em Odemira

Carlos Fançony e Rui Gonçalves

Este estudo pretende investigar se os leitos de macrófitas são eficazes na remoção dos fertilizantes agrícolas utilizados nas culturas hidropónicas no concelho de Odemira. Recolhemos quatro espécies abundantes no concelho de Odemira em solos húmidos e por vezes salgados: Spartina maritima, Juncus maritimus, Sarcocornia fruticosa e Typha latifólia.

Preparámos uma solução residual sintética com os nutrientes predominantemente usados pelas empresas. Preparámos os leitos de macrófitas em hidroponia (lã de rocha) com essa solução e plantámos as 4 espécies. Medimos a quantidade de nutrientes ao longo do tempo, na solução da hidroponia.

Tanto a espécie Apium nodiflorum como a espécie Nastatium officinale se mostraram eficientes na remoção de nutrientes presentes nos fertilizantes usados pelas empresas agrícolas, sendo Apium mais eficaz na remoção de amónia e Nastatium mais eficaz na remoção de fosfatos. Prova-se assim a importância de ter várias espécies a fazer biorremediação de águas residuais agrícolas.

Se quiseres perceber melhor as conclusões este projeto espreita o relatório final aqui. Podes clicar aqui para espreitares a apresentação.