Influência da privação de alimentos no tempo de reação simples a um estímulo visual

Inês Serralha e Sofia Pinto

De acordo com a literatura científica, o tempo de reação a um estímulo é um fator importante na vida de um aluno. Investigámos a questão: a alimentação, nomeadamente, a privação de alimento durante mais de duas horas, pode influenciar o tempo de reação? A nossa experiência com alunos do 11ºano consistiu na realização de um teste que implicava uma resposta motora a um estímulo visual, em duas sessões (com/sem privação de alimento). Aplicou-se ainda um inquérito para caracterização dos participantes relativamente a outros fatores que influenciam o tempo de reação. Os resultados mostraram que não existem diferenças significativas entre o tempo de reação do aluno quando está privado de alimento e quando está saciado. Discutimos as razões destes resultados e concluímos que, nas condições testadas nesta experiência, a privação de alimentos não influencia o tempo de reação. Apresentamos ainda análises aos resultados, tendo em conta outras características da nossa amostra.

Clica aqui e descobre todos os detalhes sobre este estudo. Para conheceres a apresentação deste estudo podes descarregar este ficheiro ou espreitar a galeria seguinte. Podes ainda consultar o resumo de uma página aqui.

0001
0002
0003
0004
0005
0006
0007
0008
0009
0010
0011
0012
0013
0014
0015
0016
0017
0018
0019
0020
0021
0022
0023
0001 0002 0003 0004 0005 0006 0007 0008 0009 0010 0011 0012 0013 0014 0015 0016 0017 0018 0019 0020 0021 0022 0023